24 de maio de 2012

Tu és tu !

É mágico como consegues tudo com o teu olhar. Basta o teu simples par de olhos pousados em mim, para eu ter uma razão para sorrir. E não existe nada mais bonito do que a sinfonia dos nossos corpos juntos, amando-se. E eu não sei o que faria, se te perdesse agora. Eu sei que não és meu, mas tens uma capacidade para me fazer feliz incrível! E eu gosto de te ter perto, e cada vez mais perto. E mesmo que as saudades doam, eu gosto de senti-las. Sei que irei puder mata-las. E mesmo que tente encontrar palavras para explicar tudo o que sinto, não consigo. Podes ter todos os defeitos do mundo, foste feito á minha medida. Um dia eu sei que te vais embora. Há muito tempo que não acredito no “para sempre”. Mas o tempo que passamos juntos, é muito melhor do que um “para sempre” . E sabendo que amanhã te poderás ir embora, eu irei relembrar-te todos os dias. Seja ao acordar, ao deitar, estarás sempre perto. Eu não preciso que alguém goste da nossa relação, só eu é que preciso de gostar. Só eu é que te tenho da tal maneira, só eu é que oiço as palavras que mandas vir do coração, e só eu é que sei a temperatura do teu corpo, o sabor dos teus lábios, a sensação do teu toque. Não há nada que faça o meu coração palpitar, como fazes. E quando ele salta quase do peito, eu sei que o acalmas. Eu sei que estás lá, para me abraçar. Para me tranquilizar. E mesmo que no dia em que fizeres as malas para te ires embora, como tantas outras pessoas já o fizeram, eu chore todas as noites, eu nunca me vou arrepender do que fiz, do que disse, das horas ao teu lado, das noites aninhada no teu peito, nos sorrisos dados por ti, nas lágrimas perdidas na almofada, porque só tu é que dás sentido á palavra amor, neste momento. E não é antecipado. O que sinto é amor. É o que faz doer, mas que sabe bem ao mesmo tempo. É o que faz ter sempre um sorriso no rosto. É o que faz querer-te sempre perto. É amor. Nunca te esqueças. Amor. É amor que vem com dor. E eu tanto aceitei o amor, como a dor. Aceitei sabendo já que um dia iria sofrer, ficar sozinha, chorar, agarrar-me aos lençóis desejando que fosses tu, mas até lá, vamos vivendo. E fazendo amor como se fosse a ultima vez. E dormindo agarrados. E roubando o ar um ao outro. Só te desejo a ti. Só te quero a ti. E levo-te sempre comigo, para onde quer que seja. Obrigada por tudo o que me dás, por tudo o que me deixas levar para casa, dentro do coração. Pelos sorrisos que me ofereces de espontânea vontade. És o meu tudo, e seremos sempre a união perfeita. Já nascemos destinados um ao outro, apareça quem aparecer. Acabe com quem eu acabar, tu serás sempre tu.

8 comentários:

  1. Dá-mos tudo , mesmo sabendo que iremos sofrer , isto torna-nos grandes mulheres !

    ResponderEliminar
  2. se quiseres querida
    esta tão lindo o teu texto, faz me lembrar uma cena que se passou cmg

    ResponderEliminar
  3. Lindo *
    o amor é ralmente mágico , sim , nd é «para sempre» por isso fazes bem em viver cada momento intensamente e sem pensar no futuro , por isso mts Felicidades :)

    ResponderEliminar
  4. Vai correr tudo bem sim , que deus te ouça. (:

    ResponderEliminar
  5. parabéns foste a 3ºa vencedora do desafio :)

    ResponderEliminar
  6. não agradeças princ :)
    espero bem que sim :)

    ResponderEliminar