2 de maio de 2012

risco danado


E se eu quiser arriscar ? Arriscar a minha segurança e o meu coração, só para estar meia-hora na tua presença, ou simplesmente beber um café com os teus olhos postos em mim. Eu gosto do risco, gosto da sensação que me passa pelo sangue, e dos movimentos no meu estômago. Gosto de me encontrar contigo ás escuras, que me agarres pela cintura, do teu sorriso destravado, das tuas piadas perversas, dos teus olhos provocadores, e dos teus lábios tentadores. E se calhar a vontade toda que tenho, nem vem de ti. Mas deve-se ao facto de me estar a arriscar para estar contigo. Sei que não tens nada para me oferecer. Nada que outra pessoa não pudesse dar. Mas há algo que me puxa, que me atrai. E se nem eu entendo, como é que haverá alguém que poderá entender isto ?

3 comentários:

  1. Já estive a ler, princesa! E estou a adorar, estou mesmo :) Tens imenso jeito!
    Tens toda a razão! O amor que os nossos pais nos dão é o mais puro e verdadeiro de todos. E embora a gente por vezes pense que são uns chatos, na verdade eles só querem o nosso bem! :)
    Beijinho*

    ResponderEliminar