24 de abril de 2012

hurt me

Já esperava isto. Um fim sem grandes dramas, sem grandes explicações, sem grandes culpas. Culpa minha ou tua ? Talvez de ambos. Eu porque não sabia que também tinhas que respirar, que também tinhas problemas. E tua, porque nunca soubeste amar-me como eu queria. Ora vinhas, ora ias. Punhas um ponto final na nossa história, e eu passava por cima com uma borracha, para substituir por uma virgula. Não me arrependo de nada. Nem das gargalhadas, nem dos abraços, das promessas que não chegaram a ser cumpridas, da cumplicidade, das mãos dadas, dos beijos, das noites a teu lado sem dormir, e aquelas que dormimos. Mas apesar de já ser uma coisa que era esperada por mim, custa-me á mesma. Não queria que tal tivesse acontecido. Eu sinto a tua falta, e ressaco, como um viciado ressaca um cigarro.
Desta vez não viro só a pagina, como fecho o livro. De maneira, que não seja aberto nunca mais. Nem para ser só relembrado. Para me relembrar, já tenho cá a ferida.

5 comentários:

  1. Muita força.
    Namoravam há quanto ? :x

    ResponderEliminar
  2. Bem, por onde devo começar?
    Gostei imenso do q li, e como já disse, escreve muito bem. Nunca deixes de o fazer, princesa.
    Qt ao assunto em si, apoiei-te e continuo a apoiar. Mesmo q as coisas mudem e tomes decisões diferentes, estou cá para ti! Podes fazer a pior merda do mundo, não te irei abandonar nunca. Prometo (L)
    Amo-te muito @

    ResponderEliminar
  3. Já passei por isso. :c
    O meu namorado, passou-se e reagi muito mal comigo. :x

    ResponderEliminar
  4. muito obrigada minha querida, talvez as pessoas esperassem outro fim mas pronto. Já estou a pensar na próxima, mas ainda não sei como vai ser. E tu ve se postas a próxima parte.

    ResponderEliminar