30 de setembro de 2011

Vidas Inocentes - Parte 21


*** Daniel ***


Hoje senti um grande vontade de ir ver a Carolina. Mas não posso. Pelo menos até o meu filho nascer. Sinto-me tão estúpido por lhe ter mentido. Em vez de ter dito que a minha ex-namorada estava grávida, fui inventar uma coisa que faz de mim um mau rapaz. Estou a trabalhar na tellepizza, não tenho um grande ordenado, mas já dá para juntar para dar tudo o que o bebé vai precisar quando nascer. Assim que ele nascer vou procurar a Carolina, contar-lhe a verdade, e vou-me mostrar disposto a ficar com ela. Espero que não tenha seguido a vida dela, sem mim.

O meu telemóvel toca, é o meu irmão.

David- Estou, puto.
Daniel- Sim, fala.
David- Olha, a Carolina veio cá a casa e ela disse que queria procurar-te. Eu por agora consegui convence-la a desistir da ideia, mas mais certo ou mais tarde ela vai á tua procura.
Daniel- Por favor, tenta mantê-la longe.
David- Tipo, ela queria convidar-te para ires á festa da irmã, que é amanhã.
Daniel- Ya puto, eu apareço lá amanhã. Mas não lhe digas nada. Obrigadão
David- Vá, fica bem.

Tenho que ir. A princesa faz anos, e não quero perder isso por nada. Vou ter que enfrentar a Carolina, mas não lhe vou contar já a verdade.

8 comentários:

  1. mistério resolvido, esta lindo mesmo *.* adorei

    ResponderEliminar
  2. está linda esta parte, mostra que ele a ama imenso , e mais que isso , a familia dela *-*

    ResponderEliminar
  3. *adoreeeeeeii !
    estou anciosa pela próxima parte :)

    ResponderEliminar
  4. Fiquei um bocado confusa quando li "filho" mas depois percebi tudo..
    Esta história está a ser melhor que a outra, mais emocionante e tudo. Parabéns princesa, continua *

    ResponderEliminar