21 de setembro de 2011

Vidas Inocentes - Parte 20


***


A minha vida mudou. Todas estas pedras que os deuses me põem no caminho, ainda me vão fazer falta, e vou usá-las todas elas. A minha mãe sempre me ensinou, chorar por quem não merece, não vale a pena. Portanto, agora faço das palavras dela, as minhas.

...


Já passaram três meses. Estamos nas férias do Natal. Têm estado tudo tão animado. A Sofia, continua com o Rodrigo. E agora pensa que está gravida. Estou mesmo feliz por ela. Eu e o David, tornámos-nos bons amigos. Somos unha com carne. Á vista torna-se uma pessoa bonita, mas no interior, é perfeito e raro. Estimo-o como se fosse um irmão.
Não sei nada do Daniel. Por vezes passo á porta da casa dela, só para ver se detecto movimento, mas nada. Parece que está vazia. Mas no fundo, sei que ele anda por ali. Quando passo por lá, parece que oiço a respiração dele. Ainda me lembro do cheiro dele, e da cor dos olhos. De como as suas mãos eram macias. Mas também me lembro do sofrimento que me causou. E ainda causa. Já passei esse óbstáculo, mas infelizmente a vida não se desenha com giz, para que depois seja apagada. A ferida permanece. E incansavelmente espero por ele.

...


Maria- Mana, sabes quantos anos faço amanhã ?
Carolina- Deixa cá ver se me lembro.
Maria- São cinco mana. Estou enorme.
Carolina- Eu sei princesinha. Estás enorme e cada vez mais linda.
Abraçei-a.
Maria- Mana, porque não convidas o Daniel, o David e a Sofia para a minha festa ?
Carolina- Ai princesa, era bom não era. O Daniel e a Sofia ainda se arranja, mas o Daniel penso que não.
Maria- Oh, eu queria tanto o Daniel cá. No outro dia eu vi-o mana.
Carolina- Viste-o ? Aonde ?
Maria- Foi um sábado que fui almoçar fora com o pai. Mana, ele abraçou-me e ria-se muito.
Carolina- Estava com quem ?
Maria- Com uma menina muito feia mana.
Sorri-lhe. Liguei á Sofia.


Rodrigo
- Alô boa-noite, daqui fala o secretário da Doutora Sofia, o que deseja ?
Comecei a rir-me.
Carolina- Vá passa lá o telemóvel á minha menina.
Sofia- Estou meu amor.
Carolina- Amor, vou procurar o Daniel.
Sofia- O quê ?
Carolina- Sim. É isso. A minha irmã quer-o na festa dela, amanhã.
Sofia- Diz ao David para ir contigo.
Carolina- É isso mesmo. Beijo, amo-te.
Desliguei. Vesti o pijama á Maria, deitei-a. Fui-me vestir, e fui ter a casa do David.

David- Olá gorda.
Carolina- Acompanhas-me ?
David- Onde ?
Carolina- A casa do teu irmão.

4 comentários:

  1. tão fofa a Maria, será que ela vai conseguir? espero que sim, quero mais, gostei mto

    ResponderEliminar
  2. Mesmo.
    Uii, que andará o sr. Daniel a fazer :o

    ps - há um pequeno lapso ali em cima. Quando a Carolina diz à Maria que o David e a Sofia ainda se arranja. Enganaste-te e puseste Daniel.

    ResponderEliminar
  3. pois tenho de começar a escreve-la, e eu também espero ansiosa pela tua próxima parte

    ResponderEliminar