14 de agosto de 2011

Vidas Inocentes - Parte 9


***


O fim-de-semana passou-se com eles. Ficaram lá todos a dormir. Penso que a Sofia e o Rodrigo estão a namorar. Não me vou meter na vida deles. Sei que mais tarde ou mais cedo ela vai-me contar. Pode ser que ainda não seja nada assumido.
Tocaram a porta e fui abrir. Era o meu pai e trazia uma mulher com ele.
Pai- Boa-noite filha. Está tudo bem ?
Fiquei a olhar para ela de alto a baixo. Não me inspirava confiança.
Carolina- Sim, pai. E contigo ?
Pai- Sim, também está tudo. Olha Carolina, queria-te apresentar esta minha amiga. É a Paula.
Sorri para ela. Sentaram-se os dois no sofá, e eu fui para o quarto. Estava-me quase a deitar, e ele chama por mim.
Pai- Carolinaaaa !
Fui á sala.
Carolina- Sim.
Pai- Filha, vai fazer qualquer coisa para nós comermos.
Carolina- Desculpa ? Eu vou é para a cama, que amanhã tenho escola.
Ele olhou para mim com cara de quem me odiava naquele momento, e eu virei costas.
Sentia uma proximidade muito grande entre eles. Se por acaso, ele está a pensar em assumir algo com esta mulher, ele que não pense que vou ficar do lado dele a aplaudi-lo. Mãe e boa mulher, só conheci uma!

Acordei bastante cedo. A primeira coisa que fiz foi ir ver se aquela mulher estava lá em casa. Fiquei descansada, estava tudo normalizado. Hoje era o meu pai a levar a Maria á creche. Fui tomar banho, e fui ter á porta de casa da Sofia.
Quando cheguei estava lá o Rodrigo, e o Daniel. Cumprimentei-os, e encostei-me á parede com os phones nos ouvidos.
Daniel- Está tudo bem ?
Carolina- Sim está. E contigo ?
Daniel- Comigo também. Como está a minha princesa ?
Carolina- Está boa, hoje queres ir lá jantar ?

6 comentários: