31 de julho de 2011

Vidas Inocentes - Parte 4


***


Naquele dia a Sofia ia ficar na escola até ao fim do dia, com uns amigos. Como me queria integrar mais no grupo, pedi ao meu pai para ir ele buscar a Maria á escola, que eu tinha que fazer um trabalho.
S- Então Carolina, vens ?
C- Sim, vou.
Andámos até ao canto deles, um canto que não conhecia mesmo. Pelo caminho, dei a mão á Sofia.
S- Que foi ?
C- Obrigada.
S- Pelo quê ?
C- Por não teres vergonha de estar ao meu lado, e levar-me ao teu grupo de amigos. Eu sei que cá na escola sou considerada a miúda estranha, que não fala com ninguém e etc.
S- Sabes que eu conheço bem a tua história e percebo a tua revolta com a vida. Tiraram-te o que tinhas de mais precioso.
Choquei. Como é que ela sabia ? Eu não tinha contado a ninguém.
C- Como sabes disso ??
S- O meu pai é director da escola, e todos os anos gosto de ler as fichas. Sei que não devo fazer, mas é uma coisa que sempre gostei de fazer, e assim vejo logo se a pessoa me inspira confiança ou não. Se ficares chateada eu percebo, é a tua privacidade que está em jogo.
C- Deixa lá isso. Mais vale seres tu, do que outra qualquer.
Ela não disse nada, apenas me deu um aperto na mão, e um sorriso aconchegante.
Vejo ao fundo, um grupo mais ou menos, de 15 pessoas. Ficaram todos a olhar para mim, apeteceu-me ir logo embora.
S- Tem calma Carolina, eles são todos boa-onda.
Não respondi. Fitei o meu olhar no Daniel. O rapaz giro da escola.
S- Oi gente, esta é a Carolina.
Pessoal- Então estás fixe ?
Disse que sim com a cabeça, e mandei-lhes um sorriso nervoso. Sentei-me ao lado da Sofia, não falei, mas ri-me imenso, são todos muito simpáticos. Já se fazia tarde, e tive que ir embora.
C- Sofia, vou embora está bem ?
S- Já miúda ?
C- Sim, já se faz tarde.
S- Tudo bem. Logo ligo-te. Porta-te com juizo.
C- Adeus gente.
O Daniel ficou a olhar, estava-me a sentir observada.

9 comentários:

  1. lindo, mas este esta pequenino, quero ler mais mais mais.
    bjo

    ResponderEliminar
  2. sim põe a outra parte, olha eu ando sem inspiração, sei como quero que seja a história, mas andam-me a faltar as palavras :x

    ResponderEliminar
  3. estou a adorar :)
    vou tentar continuar o mais depressa possível.

    ResponderEliminar
  4. obrigada querida *.*eu já estava a seguir o teu cantinho :)

    ResponderEliminar
  5. essas mesmo.. tão boas mas ao mesmo tempo tão mázinhas. Obrigada pelo comentário :)

    ResponderEliminar
  6. sim isso ajuda-me também, vou tentar escrever ;)

    ResponderEliminar