20 de julho de 2011

mana


Tenho este lado bruto que é aquele que te mostro sempre, mas também sinto carinho e amor por ti. Afinal és a minha irmã. E sempre que quiseres, precisares, conta comigo. Eu nunca te abandonei, e não vai ser agora. Nem a ti, nem ao sobrinho lindo que me deste. Não faças como eu, que tem medo de falar. Que quando preciso, espero que notes para me perguntar o que se passa. Sabes que sou despassarada, e não vou reparar se o teu sorriso está igual ou não. Por isso fala logo, porque eu aí não me vou rir. Vou-te abraçar e ajudar-te com o tudo o que tiver. Um dia quando comparares o amor que sinto por ti, vais ver que é igual ou maior que aquele que tu sentes por mim. Um dia faço com que todos vejam isso. Até a nossa querida mãe.
Amo-te, sempre ♥

2 comentários:

  1. Está uma ternura *.* cada um ama à sua maneira e mostra esse mesmo amor de forma diferente, o mais importante é senti-lo

    ResponderEliminar
  2. esta lindo
    deve ser muito bom ter uma irmã, com quem possamos partilhar tudo, que nos compreenda, que nos ajude a dar a volta aos pais, eu cá sou filha unica, tb tens as suas vantagens claro

    ResponderEliminar