1 de abril de 2011

es el final

Custa-me que ñ possas perceber que tinha tanto para te dar, hoje dói-me o coração como nunca. Tenho a maior ferida de todos os tempos, tudo porque não sabes o quanto preciso de ti, desse teu cheiro, do teu sorriso, das tuas brincadeiras que me arreliavam !
Ver-te todos os dias sem te puder tocar, dói mais que ouvir um não de ti. E passar pelos corredores da escola, esses mesmos onde nós roubamos beijos um ao outro, corta-me por dentro. Sorriu quando a minha vontade, é chorar. Trato-te bem, quando a minha vontade é dizer-te para desapareceres. Mas afinal, de contas sou uma mulher forte, e vou continuar a sorrir, a tratar-te bem, até que me faltem as forças. Vou levantar a cabeça e seguir sempre em frente, porque eu sou mais forte que tu.

2 comentários: