13 de fevereiro de 2011

amor exigente


É tão difícil gostar de ti, de todos os teus defeitos, as tuas qualidades, do teu feitio complicado e exigente. Queria que demonstrasses mais vezes, que é comigo que queres estar! M, se tu soubesses o quanto grande é a minha vontade de te abraçar, de dormir nos teus braços, e ficar na certeza que durante a noite não irias embora. Ninguém sabe como é bom, ter o meu nariz colado ao teu, e poder olhar os teus olhos. Ninguém sabe como é bom, ouvir da tua boca que gostas de mim. Ninguém sabe como é bom, sentir o teu cheiro pertinho de mim. Ou como é bom sentir, o meu corpo apertado pelo teu. Nem eu sei, só sei que é bom. Tão bom, que não me apetece sentir mais nada. Tão bom, que eu sei que quero ser tua , até me fartar. Gosto de ti, em segredo.

3 comentários: