15 de setembro de 2010

memória , és uma falhada

Quero-me lembrar da tua face, das tuas expressoes, e não consigo. Não consigo ir buscar ás recordações guardadas lá bem para atrás. Não consigo aceder ao histórico de dois meses. Nem sequer o teu cheiro me vem ao nariz, que eu lembro-me tão bem que o adorava. Mas agora não sei quais são os complementos desse mesmo cheiro, não sei o tom da tua voz, não sei da forma das tuas mãos, nem da forma dos teus olhos. Não penses que me esqueçi de ti, não esqueçi. Todos os dias penso em ti, quando te vou voltar a abraçar, e a soltar aquelas gargalhadas, que tu estás farta de ouvir, e achas super estupida, mas bonita ao mesmo tempo. Simplesmente, preciso de reanimar tudo. <3
memória, como és capaz de esqueçer quem eu mais amo ?

2 comentários:

  1. adorei este texto em especial , e também estou a seguir :) sim , chama-se almost lover de a fine frenzy .

    ResponderEliminar
  2. sonhar faz sempre bem , o que nos mata são os sonhos .

    ResponderEliminar